domingo, 3 de janeiro de 2010

Entrevista com Pedro Garcia

Hoje a Juventude Ouriense Ok vai começar uma série de entrevistas, onde se pretende dar a conhecer um pouco dos Homens que dão um pouco do seu tempo e da sua sabedoria, para que a JO seja um clube de formação, tanto na vertente desportiva como na humana. Para isso, decidimos iniciar esta série, por um homem que veio para Ourém ainda como jogador e que por cá foi permanecendo. Falamos naturalmente, de Pedro Garcia, treinador dos Iniciados e dos Juvenis da JO. Nasceu para o hóquei no Santa Cita onde permaneceu 16 anos, tendo-se mudado para as terras de Ourém pela mão do então treinador Miguel Cunha, onde jogou mais 5 anos, passando posteriormente a treinador das camadas jovens, com o sucesso que se lhe reconhece.


Juventude Ouriense Ok - Agradecendo desde já, a tua disponibilidade para nos conceder esta entrevista, começo por te perguntar como foi a tua adaptação a Ourém depois de tantos anos no Santa Cita?

Pedro Garcia - Boas! Antes demais quero te felicitar por esta tua iniciativa, mais um blogue, onde se pode dar a conhecer o que se vai fazendo por cá. Relativamente á tua pergunta posso te dizer que foi fácil. Em termos pessoais houve logo uma integração ás pessoas de Ourém, que eram e são pessoas de fácil trato e acima de tudo humildes, o que caracteriza este clube JO. Quem por cá passou e permanece, sabe do que falo... Desde o dia que para cá vim, já conheci várias pessoas que dão o seu contributo com grande dignidade, fazendo crescer a JO. Um bem haja para todos por ter sido muito bem recebido nesta cidade, por isso digo que foi fácil a integração e nos termos desportivos também. Vinha de um clube que representei 16 anos com muito gosto e acima de tudo muito respeito, mas como tudo na vida tem um fim, e esse ciclo terminou. O Miguel Cunha (treinador da JO naquela época) fez renascer o hóquei em patins na cidade ao fim de muitos anos e que em abono da verdade se diga, que bem ele fez. "Agarrou" aqui uns miúdos, cresceu com eles até aos seniores, reforçando a equipa nessa época, comigo, com o José Gonçalves, o João Luz e o Hélder Marques, onde todos juntos, lutamos com todas as nossas forças para podermos ficar na história deste clube e tal veio acontecer subindo á 2ª Divisão logo nessa época. Quero aproveitar para deixar um abraço a toda esta rapaziada por tudo que passamos juntos. Como te digo, melhor integração não podia ter sido, tanto que ainda por cá estou e já lá vão 10 "anitos".
Juventude Ouriense Ok - Sei que quando abandonaste como jogador, terá ficado sempre a ideia de que mais cedo ou mais tarde voltarias, porque o "bichinho" estava lá. No entanto, tal não se verificou, o que se passou ao certo?
 Pedro Garcia -  Olha, sinceramente não foi um abandono, foi mais um abrandar com 31 anos, porque jogando nos seniores desde os 17 anos, estava mesmo preciso de abrandar, mas sempre com o intuito de regressar, até porque adoro o hóquei e se pudesse ainda hoje jogava. O não voltar deveu-se, que durante esse abrandar tive um acidente de trabalho grave que me deixou um braço com muitas lesões, que me impossibilitou definitivamente o regresso aos ringues, enquanto jogador e já lá vão 6 anos, mas o "bichinho" permanece.
Juventude Ouriense Ok - Mudando de assunto, como analisas as alterações introduzidas no que respeita ao apuramento dos clubes para os Campeonatos Nacionais?
 Pedro Garcia - Achei a mudança muito benéfica, é mais honesto para quem joga. Voltamos ao que já se fazia antigamente, quem ganha o distrital nesse ano, vai ao Nacional nesse mesmo ano, o que estava a acontecer não era justo, porque quem ganhava num ano, via os colegas do escalão inferior a ir ao Nacional no ano seguinte, portanto foi uma medida benéfica,  principalmente os atletas que são os maiores apoiantes.

Juventude Ouriense Ok - Já agora uma opinião sobre as novas regras?

 Pedro Garcia - Em relação ás novas regras, só o tempo o dirá..... para mim acho que foi bom estas mudanças do jogo, tacticamente trouxe mais qualidade e tecnicamente, para todos os virtuosos veio abrilhantá-los ainda mais. No geral veio dar outra beleza ao jogo, que até ao momento está a correr bem, vamos ver se assim continua. Benéfica sem duvida, outra forma de jogar, outra forma de preparar os jogos, como também os treinos. O meu voto é positivo.
Juventude Ouriense Ok - Sendo tu o responsável pela formação da JO, como explicas que uma das maiores lacunas, seja precisamente a débil formação a nível de Guarda Redes. Que dificuldades tens enfrentado para colmatar esta lacuna?
 Pedro Garcia - Concordo contigo, apesar de que temos bons Guarda Redes, mas o trabalho para estes jogadores, onde a posição deles é tão difícil, nunca é demais... A dificuldade com que me deparo, é não conseguir juntá-los a todos em treino especifico a uma hora a dia certo, treinam três vezes por semana e trazê-los ao ringue mais um dia, não é fácil. Primeiro que tudo, têm a escola, precisam de tempo para os estudos, depois vem a parte familiar, na qual o tempo também é importante, mas mesmo assim vamos tentando colmatar esta lacuna com o tempo de treino que temos, vindo o Bruno e o Luís (ambos G.R. dos seniores) aos treinos, dando-lhes algum tempo para trabalhar com eles.


Juventude Ouriense Ok - Já treinas o mesmo grupo de miúdos à cerca de cinco anos (Iniciados e Juvenis. Esta época, como estão a decorrer as coisa? 
 Pedro Garcia - Esta época, falando dos Juvenis, não está a decorrer como eu queria, porque o objectivo era chegar ao fim em 1º nesta fase, não estamos contudo afastados de ir ao Nacional  por nos resta ainda uma oportunidade e podes crer que vamos lutar por isso! Se conseguirmos, por certo iremos fazer o nosso melhor, porque tenho muita confiança nestes miúdos! Já lá vão uns anos com eles e sei o que posso esperar deles, quando todos estão em dia SIM, quem os vê jogar GOSTA, vamos ver no final da época, aí sim se faz o balanço. Acima de tudo o que faço e me dedico é para que o clube que eu represento aproveite da formação, jogadores para a equipa sénior, que muita falta fazem, tanto ao clube e á cidade, é por isso que trabalho o dia a dia nesse sentido. Desde já posso dizer que nesse capitulo não está a correr mal, há matéria para se trabalhar. Em relação aos Iniciados, vamos fazendo o que nos deixam, não é equipa para se debater para o 1º lugar, mas o nosso objectivo traçado é trabalhá-los, para que na próxima época possamos ter uma equipa de Juvenis competitiva. Esse é o meu desejo e espero poder concretiza-lo bem!


Juventude Ouriense Ok - Fugindo ao tema da formação, como tens visto a campanha da equipa Sénior no Campeonato Nacional da 2ª Divisão?
 Pedro Garcia - Tem sido uma campanha positiva, que vejo com bons olhos, uma equipa jovem, que gosta de hóquei e duma entrega total. Por vezes esta juventude toda pode não ser benéfica, um deslize aqui, outro acolá e caímos para o meu da tabela. Senão como seria? É uma equipa com quem o treinador Hélder Santos pode contar, por ter uma boa margem para progredir, pois são jogadores novos. Força Hélder, está a correr muito bem. Um Abraço enorme para ti.
Juventude Ouriense Ok -  Para terminar, resta-me agradecer teres aceite o meu convite para seres o meu primeiro entrevistado, colocando este nosso espaço ao teu dispor, para dizeres o que te vai na alma.
   Pedro Garcia - Estamos no começo de um Novo Ano, desejo em 1º lugar a ti e a todas as pessoas que representam a JO, em todas as modalidades e também não podia deixar de ser a , a todos os leitores deste blogue, um Ano Novo cheio de Coisas Boas!
Não posso deixar de referenciar e dar uma palavra de apreço a todos os pais que me têm ajudado imenso, enquanto treinador deste clube: O MEU OBRIGADO. 
 Por ultimo quero agradecer á minha esposa, que sempre me apoiou e ajudou neste complemento da minha vida que é o Hóquei em Patins, Um Beijo Grande Para Ti e para o nosso filhote Santiago.
                                           UM BEM HAJA PARA TODOS

7 comentários:

Anónimo disse...

Se não fosse ele, hoje nao era nada. Obrigado Mister

Pedro Silva disse...

Grande "trofeu" este que caiu na Juventude Ouriense.
1º como jogador, depois como treinador. Sempre desempenhando, melhor que ninguem, o seu papel.
Muito contribui, diariamente e, como muito esforço, para o bom funcionamento do clube.
Penso que todos (falando pelos jogadores) temos a agradecer-te e contribuir com uma grande entrega ao Hóquei.

Um enorme Obrigado e um Bom ano !


Pedro Silva

Anónimo disse...

Um pilar do Juventude Ouriense

ERNANI BATISTA disse...

Não o conhecendo tão bem,como certas pesssoas, posso dizer que os poucos anos que lidei com ele foram porreiros.
hoje em dia só posso dizer que venham mais( 20,30,100,1000.....)Pedros Garcias, para o Hóquei.
á uma coisa para mim será sempre PIPOCA.

UM ABRAÇO FORTE E SINCERO.
ERNANI BATISTA

MSJ7 disse...

Força Pipoca, és sem duvida uma das figuras impares no nosso hóquei regional. Continua como sempre foste. Abraço

Mário Serra

Fábio José Vieira Pereira disse...

Ainda me lembro e é claro que nunca vou esquecer deste grande "mister" que me lançou no hoquei patins,obrigado por tudo pipoca...

abraços

Fábio Pereira(Zito)

Filipe|AYGO disse...

Pipoca eheh grande abraço e obrigado pelos tempos passados :D foram bons anos e grande magia espalhava-mos nós nos ringues eheh grande abraço do Filipe Ferreira